• INAV

OLHOS NO EVEREST 2019 MAURO CHIES

Atualizado: 2 de jun. de 2018

O mundo é muito grande para deixar de ser explorado!



Eu sou Mauro Chies, pai, médico oftalmologista, praticante de esportes de aventura e apaixonado por montanhas. Mantenho uma vida pacata, regrada, dedicada à família, ao trabalho e à prática de atividades esportivas outdoor.


Já viajei de 4x4 por praticamente toda a América do Sul em busca de lugares inóspitos e belos para fotografar. Pratico

regularmente corrida, longas caminhadas na natureza e voo livre de paraglider. Estas duas últimas atividades também fazem parte de um projeto de cunho social e esportivo que desenvolvo em colaboração com o Instituto da Audiovisão (INAV): o Projeto“Caminhando nas Nuvens” visa proporcionar aos deficientes visuais uma experiência inclusiva através da caminhada guiada na natureza seguida do voo livre. Depois de ter feito trekking com meus amigos por alguns anos, decidi em 2013, escalar minha primeira montanha, o Monte Kilimanjaro, montanha mais alta da África, sendo o único

brasileiro a fazer parte da primeira expedição humanitária Wings Of Kilimanjaro.


 

Em abril de 2019 começa a minha jornada rumo ao topo do mundo, o Everest (montanha mais alta da Ásia e do mundo - 8848m). Junto a mim nesse desafio estará um montanhista renomado, líder de expedições em várias altas montanhas do planeta, com experiências bem-sucedidas no Everest recentemente. Farei a cobertura on-line diária de cada detalhe da expedição nas minhas redes sociais e outras grandes mídias influenciadoras, apresentando esse mundo exótico e belo a quem não o conhece e conquistando ainda mais o coração daqueles que já tem fascínio pela natureza e pelo desafio pessoal.


A “Expedição Olhos no Everest 2019” tem embutida em si a causa dos deficientes visuais.

Independentemente do investimento arrecadado saliento o compromisso firmado entre minha pessoa e o INAV. Doarei ao Instituto da Áudio Visão 10% do total do valor arrecadado.


Estima-se que no Brasil, existam mais de 6,5 milhões de pessoas

com deficiência visual, sendo 600 mil cegas, segundo dados do

Censo 2010, feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

(IBGE,2015). Parte dos recursos obtidos para financiar a expedição

será doada ao Instituto da Audio Visão (INAV).


Saiba mais sobre o projeto e como apoiar no site:

https://maurochies.com.br/

55 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Logotipo do INAV
selo-10.png